Nova Trento, SC •  agosto 2008

Quem são os pilotos

Em 2002, Conrado comprou uma Yamaha XT600E e foi com dois amigos para o Chile. A Lígia foi de avião até Santiago junto com as garupas (eram três casais) para ver algo diferente. De lá para cá, todo ano tem pelo menos uma grande viagem pela América do Sul, às vezes em grupos maiores, muitas vezes só os dois. Em 2006, Lígia aprendeu a pilotar e agora ninguém mais segura essas duas motos...

Nascido em 1962, Conrado é engenheiro eletricista (UFSC), mestre em  Computer Integrated Manufacturing (Cranfield, UK) e doutor em engenharia elétrica (UFSC). Atualmente, é Diretor da SecuBrasil em Florianópolis, SC. Antes disto, foi o responsável pelo desenvolvimento e produção na Reason Tecnologia, trabalhou por 6 anos na Mercedes Benz (Alemanha), desenvolveu aeronaves não-tripuladas e foi diretor de um centro tecnológico do SENAI.

Nascida em 1966, Lígia é engenheira eletricista (UFSC), especialista em marketing, mestre em automação e controle industrial e doutora em engenharia de produção (UFSC) na área de gestão do design. É palestrante, consultora de empresas, professora universitária e possui alguns livros publicados. Saiba mais em www.ligiafascioni.com.br

Conrado Seibel

Conrado teve a sua primeira motocicleta aos 20 anos, uma Yamaha RD75, logo trocada por uma possante Yamaha RX180. Aos 40 anos de idade redescobriu o motociclismo indo para o Chile ao guidão de uma Yamaha XT600E. A moto foi substituída no ano seguinte por uma BMW R1150GS Adventure usando o dinheiro destinado a mobiliar um apartamento novo. Por conta disto, até hoje os livros estão empilhados no chão da sala e as roupas estão penduradas em uma arara. Por rabugice, Conrado faz pessoalmente a manutenção de suas motocicletas.


E-mail: conrado@duasmotos.com

Lígia Fascioni

Lígia passou a adolescência andando na garupa de irmãos e primos, numa época em que nem se usava capacete. Ao conhecer Maria Verbena em 2005, viu que era possível uma mulher pequena (Verbena tem menos de 1,60m) pilotar uma moto enorme. Ganhou uma dica preciosa (“Lei de Verbena”): comece com uma 150 ou 200cc e aumente 200cc por ano até achar uma moto que a leve onde você quiser ir. Lígia se matriculou numa motoescola (tinha então 39 anos e não sabia sequer dar partida) e rodou um ano com uma Honda Bros 150. Ficou 2 anos com uma Honda NX4 Falcon e agora está feliz da vida pilotando uma BMW F650GS (800cc). Andar na garupa definitivamente faz parte do seu passado ...


E-mail: ligia@duasmotos.com




Viagens

2010 • Ilha de Chiloé 
2009 • El Calafate
2009 • Laguna Pozuelos
2008 • Valles Calchaquíes
2007 • Iquique
2006 • Uruguai
2005 • Paso San Francisco
2004 • Península Valdés
2003 • Paso Agua Negra
2002 • Pucón
2010_Ilha_de_Chiloe.html2009_El_Calafate.html2009_Laguna_Pozuelos.html2008_Valles_Calchaquies.html2007_Iquique.html2006_Uruguai.html2005_Paso_San_Francisco.html2004_Peninsula_Valdes.html2003_Paso_Agua_Negra.html2002_Pucon.html2009_Laguna_Pozuelos.htmlshapeimage_3_link_0shapeimage_3_link_1shapeimage_3_link_2shapeimage_3_link_3shapeimage_3_link_4shapeimage_3_link_5shapeimage_3_link_6shapeimage_3_link_7shapeimage_3_link_8shapeimage_3_link_9